Contabilidade para Advogados

Atuar como Pessoa Física ou Jurídica?

Foi-se o tempo onde era extremamente caro e burocrático se formalizar como profissional do Direito. 

Queremos entender melhor o seu caso, fale com nosso especialista!

Entretanto, ainda existem muitos que, por falta de experiência ou uma consultoria especializada – contabilidade para advogados – ainda atuam como profissionais autônomos. Para que seja possível ter uma ideia, um advogado que atua como pessoa física paga, em média, 20% de INSS e 27,5% de Imposto de Renda.
 
De fato não é nada satisfatório ter que desembolsar uma porcentagem tão alta dos seus rendimentos em impostos, ainda mais considerando que quase não se tem benefícios pagando impostos no Brasil. No mais, é possível diminuir essas taxas legalmente através da formalização do seu escritório de advocacia.

Abra seu escritório de advocacia com precisão!

Atualmente existem diversas formas de se enquadrar como pessoa jurídica e reduzir consideravelmente o valor pago em impostos pela prestação de serviços. Uma delas é abrir uma empresa e optar pelo regime tributário Simples Nacional.

Eficiência em sua
gestão tributária!

Enquanto um advogado autônomo paga 42,5% (ou mais) de incidências sobre os ganhos, optando pelo Simples Nacional, o mesmo irá se beneficiar de uma taxa que fica entre 4,5% e 16,85% sobre o faturamento bruto mensal. 

Formalize sua
atividade jurídica!

Por mais que esse percentual possa variar de acordo com o faturamento bruto do seu escritório, é possível afirmar que em todos os cenários apresentados torna-se mais vantajoso formalizar a sua empresa do que atuar como pessoa física!
Back To Top

ConferIR

Contador On Line





Esqueci minha senha
Open chat